Home / NOTAS ANALÍTICAS / POLÍTICA INTERNACIONAL / AMÉRICA DO NORTE / [:pt]O encontro entre Xi Jinping e Donald Trump gira em torno da Coreia do Norte e questões comerciais[:]

[:pt]O encontro entre Xi Jinping e Donald Trump gira em torno da Coreia do Norte e questões comerciais[:]

Download PDF
[:pt]

O presidente da República popular da China, Xi Jinping, realizou uma visita oficial aos Estados Unidos, onde se encontrou com o presidente norte-americano Donald Trump, nos últimos dias 6 e 7 de abril deste ano (2017), em Palm Beach, na Flórida. A pauta do encontro ficou centrada em dois principais assuntos: a situação da Coréia do Norte e o comércio entre Estados Unidos e China.

Como principais resultados, aponta-se que Donald Trump pressionou para que a China se posicione de forma mais incisiva acerca do programa nuclear norte-coreano e no que tange a questão comercial, foi acordado que os países deverão estabelecer um plano de trabalho e de diálogos a serem executados nos próximos três meses, abordando os desequilíbrios comerciais entre China e Estados Unidos. Estima-se que o comércio com a China sustente 2,6 milhões de postos de trabalho nos Estados Unidos, enfatizando a importância desta questão para a relação entre estes países.

Embora tenha produzido poucos resultados do ponto de vista prático, o encontro foi uma oportunidade para que os mandatários pudessem estabelecer um vínculo cordial, aspecto que poderá vir a ser produtivo quando os países começarem a discutir questões mais espinhosas, como o conflito na Síria ou a situação de tensão no Mar do Sul da China.

No que diz respeito à governança econômica global, se o presidente Donald Trump cumprir sua promessa de campanha de manter os Estados Unidos focado em questões internas, a China terá uma janela de oportunidade para aumentar a projeção de sua zona de influência nos próximos anos. A capacidade de influência da China nas agendas globais deverá se centrar em dois principais temas: o combate às mudanças climáticas e o tema do desenvolvimento econômico.

———————————————————————————————–                    

Imagem 1 Bandeiras dos Estados Unidos e da China” (Fonte):

https://c1.staticflickr.com/9/8212/8293232288_a08779efdc_b.jpg

Imagem 2 Déficit Comercial dos Estados Unidos” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c9/United_States_Balance_of_Trade_Deficit-pie_chart.svg/2000px-United_States_Balance_of_Trade_Deficit-pie_chart.svg.png

[:]

About Ricardo Kotz - Colaborador Voluntário

Mestrando no programa de Pós Graduação em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), atuando na linha de Economia Política Internacional. Possui especialização em Estratégia e Relações Internacionais Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Agente consular junto ao Consulado Honorário da França em Porto Alegre, atuando paralelamente no escritório RGF Propriedade Intelectual, no período de 2013-2015.

Check Also

OTAN busca expandir suas capacidades militares no espaço cibernético

Durante os dias 30 de maio a 3 de junho ocorreu a “9a Conferência sobre ...