Home / NOTAS ANALÍTICAS / Encapuzados chilenos tem apoio de movimentos argentinos, diz ministro

Encapuzados chilenos tem apoio de movimentos argentinos, diz ministro

Download PDF

Em entrevista ao canal chileno Chilevisión, no dia 24 de outubro, o porta-voz do Governo chileno, Andrés Chadwick, afirmou que os grupos de encapuzados que vêm gerando distúrbios entre as mobilizações estudantis recebem apoio de movimentos argentinos, pois estão agindo de forma parecida com a dos “piqueteiros” daquele país. De acordo com o ministro, “Existe uma organização que os coordena, por isso vemos que estão fazendo coisas em lugares diferentes, para distrair a ação da polícia”*, explicou.

 

Chadwick afirmou ainda que as “Forças Policiais” estão adequando suas táticas para enfrentar este novo fenômeno e assegurou o respaldo governamental na ação. O ministro também rejeitou críticas sobre o reforço da repressão por parte do Governo. Segundo ele, sua “responsabilidade é manter a ordem pública”*.

Como resposta a essas repressões, a Confech irá recorrer, no próximo dia 28 de outubro, à “Corte Interamericana de Direitos Humanos(CIDH), em Washington (DC), nos Estados Unidos, para denunciar “abusos e torturas” por parte dos policiais militares contra os manifestantes que têm protestado por uma educação melhor no país.

Na “Universidade de Los Lagos”, em Osorno, a 900 quilômetros ao sul de Santiago, os dirigentes universitários se reuniram e discutiram a “violência indiscriminada” que a polícia adotou com relação aos estudantes, com ocorrências que, segundo eles, podem ser classificadas como “tortura”.

No dia de uma ação policial, o estudante de música Gonzalo Aléxis Espinoza, foi detido, levado à Delegacia e liberado apenas no dia seguinte. Ele ficou com queimaduras de segundo grau na face e no peito, causadas por um jato de água quente, segundo diagnóstico do “Departamento de Urgência do Hospital Carlos Van Buren”, de Valparaíso.

Este e outros casos serão relatados à CIDH, ligada à “Organização dos Estados Americanos(OEA). Há cerca de 6 meses, os estudantes chilenos protestam por “educação pública, gratuita e de qualidade” no Chile.

—————–

Fontes:

* Ver:

http://www.ansa.it/ansalatinabr/notizie/fdg/201110241635411513/201110241635411513.html

Ver também:

http://www.ansa.it/ansalatinabr/notizie/notiziari/chile/20111023124535333944.html

Ver também:

http://www.ansa.it/ansalatinabr/notizie/notiziari/chile/20111023124535333944.html

About Jean Bortoleto - Colaborador Voluntário Júnior 2

Bacharel em Relações Internacionais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Atua no CEIRI NEWSPAPER como colaborador para assuntos da América Latina e com a geração de debates e ações sobre política, economia e meio ambiente em ONG's. Profissionalmente atua com internacionalização de empresas nos EUA.

Check Also

512px-North_Korean_missile_range

Potências usam Coreia do Norte para justificar políticas e ações conjuntas, voltadas para a própria Defesa

Nos últimos anos, a Coréia do Norte é um dos principais, senão o principal tema ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *