Home / NOTAS ANALÍTICAS / COOPERAÇÃO INTERNACIONAL / AMÉRICA LATINA / [:pt]Conselho de Segurança determina o fim da MINUSTAH[:]

[:pt]Conselho de Segurança determina o fim da MINUSTAH[:]

Download PDF
[:pt]

Após 13 anos, a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH) será extinta, levando à retirada gradual de 2.370 soldados de várias nacionalidades que agem atualmente no país. Até o momento, a MINUSTAH tem sido considerada a missão mais latino-americana da história das Nações Unidas, contando com a participação de 13 países da região, sendo o Brasil o principal contribuinte de tropas.

A decisão referente à sua extinção foi tomada na última quinta-feira (12 de abril), pelos membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Nela, destaca-se que as forças de paz deverão se retirar da ilha caribenha pelos próximos seis meses, oficializando o fim da operação até 15 de outubro. O Conselho também discutiu a implementação de uma nova operação – a Missão das Nações Unidas de Apoio à Justiça no Haiti (MINUJUSTH) – com um contingente menor que aquele utilizado na MINUSTAH e com foco no fortalecimento das instituições do Estado de Direito.

De acordo com as Nações Unidas, os oficiais internacionais ajudarão no fortalecimento da Polícia Nacional, além de atividades voltadas para o monitoramento, análise e relatoria dos direitos humanos naquele país. Apesar dos 13 anos de atividades, há poucas evidências que elucidem o impacto real da contribuição brasileira na MINUSTAH, seja pelo caráter multidimensional – segurança, estabilidade, apoio nas eleições e direitos humanos – seja pelos desafios inerentes aos processos metodológicos da avaliação destes impactos.

———————————————————————————————–                    

Imagem 1 Batalhão Brasileiro – MINUSTAH” (Fonte):

https://fotospublicas.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/2017/04/brasil_retirada02.jpg

Imagem 2 O Sr. Ladsous, acompanhado pelo SRSG, Sandra Honoré, e o Comandante da Força, Ajax Porto Pinheiro, visitaram a sede do Batalhão Brasileiro (BRABAT) e o contingente desdobrado no subúrbio de Cité Soleil, em Porto Príncipe, em 09 de fevereiro de 2017” – Tradução Livre (Fonte):

https://fotospublicas.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/2017/04/brasil_retirada04.jpg

[:]

About João Antônio dos Santos Lima - Colaborador Voluntário

Mestre em Ciência Política na Universidade Federal de Pernambuco e graduado em Relações Internacionais na Universidade Estadual da Paraíba. Tem experiência como Pesquisador no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) no projeto da Cooperação Brasileira para o Desenvolvimento Internacional (Cobradi). Foi representante brasileiro no Capacity-Building Programme on Learning South-South Cooperation oferecido pelo think-tank Research and Information System for Developing Countries (RIS), na Índia; digital advocate no World Humanitarian Summit; e voluntário online do Programa de Voluntariado das Nações Unidas (UNV) no projeto "Desarrollar contenido de opinión en redes sociales sobre los ODS". Atualmente, mestrando em Development Evaluation and Management na Universidade da Antuérpia (Bélgica) e Embaixador Online do UNV na Plataforma socialprotection.org.

Check Also

Brexit e União Europeia: novos desafios e dúvidas

Existem mais de 3,3 milhões de cidadãos europeus que vivem no Reino Unido, sendo sua ...